Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Constança Martins

Blog sobre Imobiliário e ideias para gostar mais da sua casa

24 de Março, 2020

Boa convivência no condomínio: 5 regras fundamentais

Constança Martins

condominio.jpg

Boa parte dos problemas de convivência em condomínio, podem ser resolvidos ou evitados quando a educação e o bom senso são colocados em prática. O respeito é a base de qualquer relacionamento e não seria diferente entre pessoas que moram no mesmo prédio.
Não fazer com os outros o que não gostaria que fizessem consigo já é um bom começo para uma convivência pacífica e agradável.
Garagem
Um dos motivos que mais abalam a convivência em condomínio é a garagem. Não estacione fora da faixa, não prejudique o fluxo dos veículos, não ocupe mais lugares do que os que tem direito, não ultrapasse a velocidade máxima recomendada e não estacione no lugar de outra pessoa.
Áreas comuns
Usufrua dos ambientes com moderação, de maneira que os restantes condóminos não fique constrangido de frequentar as áreas que pertencem a todos.
Animais de estimação
Manter animais em condomínios exige cuidados que envolvem a higiene do animal, evitando mau cheiro e a transmissão de doenças. Não comprometa a segurança do condomínio, limpe os dejetos feitos nas áreas comuns, tente controlar os ruídos feitos pelo animal dentro de casa.
Segurança
Nunca deixe a porta ou o portão da garagem aberto, facilitando o acesso de estranhos, pois isso aumenta claramente o risco de assaltos e de descontentamento por parte dos vizinhos.
Barulho
A lei prevê que entre as 23 horas e as 7 horas da manhã do dia seguinte deve evitar-se barulho. Se o barulho resultar de obras, que só podem ser feitas nos dias úteis,
entre as 8 e as 20 horas e durante os trabalhos, o responsável deve afixar em local bem visível a duração prevista e a altura do dia em que prevê maior intensidade de ruído.
Saiba mais sobre este assunto aqui: https://www.montepio.org/ei/pessoal/gestao-diaria/barulho-dos-vizinhos-conhece-a-lei-do-ruido/